Espalhe em criptomoedas

Denominado como Spread pela diferença entre o preço de compra e venda em ativos financeiros, o Spread é um dos termos que você deve conhecer em criptomoedas. Isso porque a própria natureza dessas moedas virtuais torna isso algo comum e muito marcante.

Não se preocupe, você não precisa ler um dicionário financeiro inteiro, porque é para isso que estamos aqui. Aqui, vamos contar tudo o que você precisa saber sobre a propagação em criptomoedas e como isso pode influenciar seus investimentos. Dessa forma, você pode tomar decisões melhores.

➡Qual é o spread em criptomoedas?

Como já falamos, o Spread é a diferença entre o preço de compra e venda de um ativo financeiro. O mesmo se aplica às criptomoedas, pois é a diferença entre o preço que você comprou e o preço que você vendeu.

O spread acaba sendo muito importante, pois nos permite determinar quais foram os ganhos ou perdas do seu investimento. A maioria dos corretores tende a calcular o spread automaticamente porque, dentro dele, muitos cobram comissões.

 

propagação

 

➡ Tipos espalhados

  • Permanente: O spread fixo, como o próprio nome indica, é geralmente um spread determinado ou fixado pela mesma corretora que só muda dependendo do par de moedas em que operamos, mais não depende das variações do mercado.
  • Variável: Por outro lado, temos a propagação mais comum de todas que é a variável. Isso muda de acordo com as flutuações do mercado, portanto, geralmente é um sinal da volatilidade das criptomoedas. Para muitos, esse spread é um dos mais importantes de se entender, pois influencia muito o resultado final de nossas opções.

➡ Os dados que podemos obter 

  • Ganhos potenciais: Se o diferencial entre o preço pelo qual você comprou a moeda e o preço pelo qual você a venderá for positivo, você terá um lucro potencial. Por exemplo, se o preço de compra fosse $ 1 e o preço de venda fosse $ 3, você teria um spread de $ 2.
  • Perdas: Outra informação que o Spread pode lhe dar é para ver se você tem perdas potenciais em sua operação. Como? Vamos dar o exemplo acima, mas ao contrário. Se você o comprou por $ 3, mas agora vale $ 1, estará perdendo $ 2.
  • Tendências de mercado: O spread também pode revelar, de certa forma, a tendência do mercado, uma vez que mostra a variação dos preços. Isso pode nos dar uma ideia se a tendência é de queda ou, ao contrário, de alta.
  • Outros dados: Alguns especialistas usam o spread como uma informação para saber se é conveniente alavancar e como fazê-lo de forma mais eficaz. Também pode ser usado como uma forma de determinar quais negociações são mais lucrativas ou qual é o custo de uma negociação. Em geral, a diferença entre os preços pode ajudá-lo a tirar muitas conclusões.

➡PIPs em Spreads

Outro termo que você deve saber é PIP (porcentagem em pontos) ou ponto percentual em espanhol. Este conceito é utilizado para descrever a variação entre o preço de compra e o preço de venda através da variação de pontos percentuais.

E é que a maioria das operadoras fornece o preço na forma de números e decimais, por exemplo, 1.568-1.562. Nesse caso, a diferença entre os pares é 0.006, que é representada como 6 PIP. Se você perceber que tem um número seguido da palavra PIP, agora saberá o que significa.

➡ Operação em pares

Você também deve saber que o Spread e o PIP são calculados apenas nos pares automaticamente, isso porque as operações são realizadas sob este mecanismo. Um exemplo de par bem conhecido é o de Bitcoin e Ethereum: BTC / ETH, embora também tenhamos pares entre moedas virtuais e moeda fiduciária, como USD / BTC.

Portanto, é provável que você encontre o spread com seus respectivos PIP nos principais pares das corretoras, embora em geral ele deva estar disponível na maioria. Cada par tem sua própria diferença, então eles terão seu próprio Spread e PIP.

 

propagação

 

➡Como posso calcular o spread?

Calcular este indicador é muito simples, pois você só precisa fazer uma operação matemática simples. Por exemplo, se temos um par com os seguintes valores: 1.23 / 1.20, só temos que fazer a subtração: 1.23 - 1.20 dá 0.03 Spread ou 3 PIP.

Assim, basta subtrair para determinar a diferença entre o preço de venda e o preço de compra. Caso sua corretora não forneça esses dados, você pode facilmente determiná-los vendo em quais valores os pares operam.

➡Por que devo levar isso em consideração?

Existem muitos motivos pelos quais os especialistas recomendam considerar o spread ao negociar criptomoedas. A seguir, explicaremos quais são os principais motivos pelos quais você deve ter esse indicador em mente.

  • Calcule os resultados da operação: Em primeiro lugar, o spread permite estimar com precisão os resultados de sua negociação. Ou seja, com este indicador você pode saber se é conveniente para você vender ou se é melhor esperar que o preço de venda melhore para obter lucro ou recuperar o investimento.
  • Ajuda você a saber como está o mercado: O mesmo preço de venda e compra pode dizer como está no mercado. Spreads e PIPs são uma forma de entender quais são as tendências, se são de alta ou de baixa, para que você possa tirar proveito delas.
  • Melhores decisões: Em geral, conhecer esse indicador o ajudará a tomar melhores decisões financeiras, pois quanto mais dados, melhor sua análise e sua previsão. Eles também são muito úteis, pois nos dão uma visão da possível volatilidade de preços, que é importante ao decidir se devemos comprar, vender ou manter uma criptomoeda.

Eduardo lopez

Eu sou Eduardo López Martínez, nasci em Madrid, Espanha e tenho 48 anos. Sou jornalista e faço parte da equipe Brokersdeforexconfiables.com. Quer saber um pouco mais sobre mim? Convido você a ler minha biografia.

Editor e Copywriter

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.