Fraude o Tesouro em suas operações

Uma das situações que você deve levar em consideração ao negociar moedas eletrônicas é o fato de que, embora não sejam centralizadas, você deve relatar o seu uso. Fraudar o Tesouro pode parecer uma opção interessante, já que estaria evitando o pagamento de impostos, embora, na realidade, não seja o caso.

Muitos países contemplam o uso dessas moedas dentro da legislação tributária. Diremos aqui o que é fraude fiscal, quais são as situações que podem levar a ela e como resolvê-la.

✨Situações em que você pode fraudar o tesouro

  • Não declare imposto de renda

Considerada a forma mais comum de fraude fiscal e a mais fácil de realizar, Essa forma consiste basicamente em não declarar os impostos sobre a receita que você gera com suas operações de trading.

Embora você possa pensar que isso é muito fácil de fazer e pode passar despercebido, na realidade não é. Isso por causa de bancos colocaram operações de criptomoeda sob vigilância Portanto, qualquer transferência é reportada diretamente ao Tesouro, que pode penalizá-lo por esta ação.

  • Conta estrangeira

Outra das formas mais comuns de se tentar fraudar o Tesouro é a abertura de conta no Offshore, ou seja, no exterior. Isso com o objetivo de enviar seus ganhos gerados a partir de sua plataforma de criptomoeda para a conta no exterior, evitando assim o tesouro local.

Desta forma, digamos que os recursos gerados entre a plataforma de negociação, sua conta bancária e a conta Offshore sejam triangulados. Para as repartições fiscais, isso é uma espécie de dupla falta, já que não só você está declarando seus ganhos, mas também os está desviando para uma conta offshore não oficial.

  • cartões bancários

Um cartão bancário não declarado é outra forma de tentar fugir do tesouro, já que muitos investidores em criptomoedas usam cartões como forma de financiar seu estilo de vida, mas escondendo esses dados. É como se você declarasse que ganha um salário mínimo, mas com o seu cartão compra um super carro.

Aqui, como no ponto anterior, você incorreria em várias faltas. Você teria uma discrepância de impostos ao gastar mais do que afirma pagar, então você teria um cartão não declarado, bem como ganhos não declarados de uma atividade de investimento.

  • Use a conta de outra pessoa

Por fim, temos uma modalidade que não é tão praticada, mas que pode ser uma forma de fraudar o tesouro. Basicamente, trata-se de operar em outra conta que não é a sua, com dados bancários e fiscais que não correspondem a você.

Basicamente se trata de roubo de identidade, além disso você não estaria declarando o dinheiro gerado. Aqui estamos falando de multas muito mais graves, já que você está caindo em um crime maior que é o roubo de identidade. Também pode ser mais complexo executar esse tipo de ação.

defraudar

✨ Solução para fraude fiscal

Sim, bem, A maioria dessas formas de fraude fiscal não é ilegal quando você declara a renda e os impostos gerados por essa atividadeNa verdade, sempre existe um risco. E é que tentar sonegar impostos é uma má ideia que, sem dúvida, você deve evitar.

Por quê? Porque você simplesmente estaria caindo em um crime que pode ser punido com prisão ou multas dependendo de sua gravidade. Não importa se você evadir apenas $ 10 ou $ 100, as penalidades serão muito maiores do que você não declarou, então no final, ao invés de economizar, você acabará gastando demais.

Digamos que você tenha um lucro de $ 200 e não o informe. Então, o tesouro percebe que você não cobriu o percentual de imposto correspondente, então eles colocam uma multa. Essa multa é de $ 2,000. Então você acha que realmente vale a pena?

É por isso que muitos especialistas concordam que é melhor declarar os impostos em tempo hábil quando o valor do pagamento não excede o risco de ser credor de uma multa. Pense apenas em números. O que é mais barato? Pagar uma multa por sonegação de impostos ou pagar seus impostos?

✨ A solução para grandes ganhos de capital: sair do país

Ao obter um lucro de milhões, digamos 2 milhões ou mesmo 20 milhões, uma das decisões mais comuns é deixar o país onde você reside. Por quê? Simples, evite pagar os impostos cobrados no seu país atual.

E há países onde praticamente não se cobram comissões por esse tipo de operações e lucros, enquanto em outros se cobram até 50% de impostos. É por isso que muitas pessoas tendem a deixar seu país para começar em outro, mas com mais dinheiro.

Pense bem, você gerou 20 milhões em desempenho e tem duas opções; fique em seu país e pague 8 milhões em impostos ou mude para outro como a Tailândia com 20 milhões inteiros. O que você escolheria? 20 milhões são suficientes para ganhar uma vida ou viver uma temporada e depois voltar ao seu país de origem.

Muitos investidores que geram uma grande quantidade de lucros com criptomoedas tendem a seguir essa modalidade. Hoje, grande parte dos milionários vive fora de seu país de origem, em outras nações onde há isenções fiscais ou são considerados paraísos fiscais para esses investidores.

defraudar

✨Nunca faça evasão fiscal

Por fim, recomendamos que por mais dinheiro que você queira ganhar, nunca, mas nunca, faça sonegação de impostos. Isso pode causar muitos problemas, já que a sonegação de impostos pode levá-lo a fraudar, um crime que é muito mais punível pela legislação tributária.

Se você está começando, não complique sua vida tomando decisões que podem levar a situações difíceis. É melhor seguir a lei ao pé da letra e cumprir os requisitos que forem solicitados a você. Dessa forma, você pode construir uma reputação sólida e ganhar experiência sem se envolver em problemas e penalidades.

Eduardo lopez

Eu sou Eduardo López Martínez, nasci em Madrid, Espanha e tenho 48 anos. Sou jornalista e faço parte da equipe Brokersdeforexconfiables.com. Quer saber um pouco mais sobre mim? Convido você a ler minha biografia.

Editor e Copywriter

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.