Capitalização de criptomoeda

Cada criptomoeda tem que cumprir um objetivo, atingir o maior valor possível e mantê-la estável por um longo período de tempo, quanto mais, em ambos os casos, melhor. É assim que a composição é: quanto mais vale a moeda e quanto mais tempo o preço pode se sustentar, mais lucrativa ela se tornará.

Aqui vamos falar sobre o que é a capitalização de criptomoedas e como ela está diretamente relacionada ao seu valor. Vamos informá-lo sobre as formas de capitalização existentes, os fatores a levar em consideração e como você mesmo pode calcular a capitalização de criptomoedas.

✨ Qual é a capitalização das criptomoedas?

Podemos descrever a capitalização de criptomoedas como o processo pelo qual elas adquirem valor. De outra forma, Os especialistas chamam a capitalização das criptomoedas como multiplicar a quantidade destas disponíveis em circulação pelo seu preço, ou seja, calcular quanto valem.

É necessário saber que a capitalização das moedas nem sempre é a mesma, visto que está a mudar à medida que varia consoante os preços de mercado e a quantidade de moedas em circulação. Por isso seu cálculo deve ser feito com certa periodicidade.

 

capitalização

 

✨Duas formas de capitalização

  • Fornecimento de circulação: A primeira forma de capitalização é aquela que utiliza as moedas em circulação e que estão disponíveis para operações como o câmbio. Esse tipo de capitalização, basicamente, se resume em usar apenas as criptomoedas que já estão disponíveis e que são reais.
  • Suprimento máximo: O Max Supply baseia o cálculo da capitalização no número máximo de moedas que estarão em circulação. O número atual não é usado aqui, mas o número máximo de moedas que haverá. Pode-se dizer que é a potencial capitalização futura dessa moeda.

✨ Exemplo de cálculo 

Suponha que a criptomoeda X tenha 1,000,000 de moedas em circulação com um valor de $ 10 cada. Portanto, o valor de capitalização de acordo com as moedas em circulação será de 10 milhões de dólares. Basta multiplicar 1,000,000 de moedas por um preço de $ 10 cada.

Agora vamos imaginar que a referida criptomoeda tenha a capacidade de emitir no máximo 4 milhões de moedas virtuais. Portanto, seu potencial de capitalização será de 40 milhões se levarmos em consideração seu valor atual. Basta multiplicar 10 dólares (preço) por 4 milhões (número máximo de moedas a serem emitidas).

✨ Sua importância 

É muito importante levar em consideração a capitalização, pois este indicador permite determinar o valor real e potencial da criptomoeda. Você poderá saber quanto vale no mercado e assim, analisar melhor se representa uma oportunidade de investimento ou melhor em passas.

Leve em conta que Alguns especialistas acreditam que quanto mais se espera para colocar todas as moedas em circulação, maior é o risco de o preço cair, pois estaria diluído em uma quantidade maior de moedas. Embora isso não leve em conta fatores como mudanças no mercado e flutuações de preços.

Talvez, se jogarmos todas as moedas que temos, o valor mude. Por exemplo, se tivermos 10 milhões de criptomoedas com valor de 100 milhões, é provável que, se lançarmos os 30,000,000 milhões restantes, o valor caia à medida que os 10 milhões se diluem, agora entre 40 milhões de moedas.

Na verdade, não é assim, pois existe a possibilidade de que a demanda aumente e o valor cresça, por exemplo. É sempre importante considerar tanto a capitalização atual ou presente quanto a capitalização potencial ou futura, pois ambas são fundamentais para saber o valor real da criptomoeda.

✨ Quais são as bases da capitalização de uma moeda virtual?

Não existe uma fórmula nem pontos a serem considerados ao capitalizar uma criptomoeda porque não são como ações, por exemplo. Segundo os especialistas, estes são alguns pontos em que costumam buscar esse processo:

  • ICON: Se o ICO for bem-sucedido, o valor total do ICO pode ser um bom indicador do valor que a moeda virtual terá quando for capitalizada. Embora possam não estar relacionados no final, isso nos dá uma visão geral do que esperar.
  • Oferta / demanda: A lei da oferta e demanda é geralmente uma das que mais afeta o preço das criptomoedas. É por isso que alguns especialistas se aventuram a afirmar que isso pode se tornar um fator no cálculo da capitalização da moeda.
  • A própria moeda: Finalmente, a mesma moeda geralmente oferece informações relevantes no cálculo de sua capitalização. É importante levar em consideração suas características, pois isso o ajudará a saber se essa avaliação corresponde à sua realidade.

capitalização

✨ Os SCAMs têm letras maiúsculas?

Embora muitas pessoas possam pensar que a criptomoeda de um SCAM pode ter letras maiúsculas, na realidade esse não é o caso. E você tem que se lembrar disso um SCAM é basicamente um ICO fraudulento que surgiu para buscar fundos e, após a cobrança, desaparecer.

É por isso que um SCAM não pode capitalizar, pois para isso é necessário ter uma criptomoeda em circulação, algo que eles não terão. Então, se eles falarem com você sobre um SCAM com uma tampa grande, tão fantástico quanto o Bitcoin, é melhor você ter muito cuidado!

✨Como posso calcular a capitalização de uma criptomoeda?

Calculá-lo independentemente, ou seja, você mesmo, é mais fácil do que você imagina. Tudo o que você precisa fazer é investigar a quantidade de criptomoedas que estão em circulação e o máximo a ser liberado, bem como verificar seu preço.

Você pode fazer isso no Google, por exemplo, calculando de forma fácil e rápida com seu celular ou computador. Assim, você poderá saber o potencial que uma criptomoeda pode ter em valor, o que o ajudará a tomar melhores decisões. Tudo isso sem precisar ser um especialista financeiro.

Eduardo lopez

Eu sou Eduardo López Martínez, nasci em Madrid, Espanha e tenho 48 anos. Sou jornalista e faço parte da equipe Brokersdeforexconfiables.com. Quer saber um pouco mais sobre mim? Convido você a ler minha biografia.

Editor e Copywriter

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.