Blockchain: Operação e uso

Considerada a base das criptomoedas modernas, lA tecnologia Blockchain passou a ser uma verdadeira revolução no mercado. E é que sua operação inovadora permitiu criar transações muito mais seguras e anônimas com facilidade e rapidez, tudo isso apenas usando a internet.

Antes de investir em criptomoedas, é muito importante saber como funciona o Blockchain e por que é tão importante para criptomoedas. Embora possa soar como um termo matemático complexo, na realidade não é. É por isso que aqui vamos falar sobre o que é o Blockchain, como funciona e para que serve.

✨➡O que é o Blockchain?

Também conhecido como blockchain, Blockchain é um tipo único de banco de dados cuja tarefa é registrar transações. Para isso, utiliza uma série de blocos que agrupam diferentes transações validadas por uma rede de nós (membros).

Ao contrário da tecnologia atual e bancos de dados convencionais, o Blockchain realiza a validação de cada bloco de operações de forma descentralizada. Ou seja, são validados por meio de nós que podem ser pessoas ou instituições confiáveis ​​que fazem parte da rede Blockchain.

blockchain

Exemplo de operação

Vamos imaginar que José envie um Bitcoin para Juan, José seria A e Juan B. Quando A realiza a transação para B, é gerado um registro que é agrupado em um bloco. Este bloco é passado para a rede onde os nós são responsáveis ​​por validá-lo.

Uma vez validado o referido bloco de transações, ele é adicionado à cadeia de blocos, que é de livre acesso a todos os usuários. Após todo esse processo, o bitcoin que A enviou para B, ou seja, José para Juan, é validado e a transação é fechada.

Quais são as vantagens da tecnologia Blockchain?

  • Maior segurança: Um dos pontos a favor da tecnologia blockchain é que ela é muito segura. De fato, Não existe tecnologia capaz de garantir que as informações nos blocos sejam mais invioláveis ​​do que o Blockchain.
  • Transparência: A rede do bloco final é acessível ao público, o que garante total transparência e acesso às informações pela cadeia do bloco. Apesar de ser de livre acesso, esta cadeia também é muito segura e não pode ser comprometida.
  • Custos operacionais: Por não exigir o uso de intermediários para a validação das diferentes etapas da transação, bem como graças ao uso de comunidades na forma de nós, o custo de operação do Blockchain é menor. Isso, por sua vez, reduz o custo das transações usando esse método, por exemplo, criptomoedas.
  • Versátil: Embora o uso desta tecnologia se destine principalmente a criptomoedas, está sendo feito um trabalho para adaptá-la para outros usos. Desta forma, podemos ver que é possível obter muitos benefícios com os blockchains.

Tipos de Blockchain

Público

Como o próprio nome indica, No Blockchain público, a transparência é a coisa mais importante, pois o blockchain é livremente acessível. Qualquer pessoa pode entrar e saber as informações do blockchain, já que não existe nenhum tipo de filtro para ele.

As vantagens deste modelo é que ele é totalmente descentralizado, cQualquer um pode fazer uma transação e estas são validadas apenas por mineiros Blockchain. Um dos maiores expoentes desse tipo de tecnologia é o Bitcoin, já que a criptomoeda mais famosa e valiosa usa esse blockchain.

Consórcio

Ao contrário do Blockchain anterior, Isso funciona de forma parcialmente descentralizada, pois aqui quem valida as transações são terceiros. Em outras palavras, temos aqui o uso de intermediários de confiança em vez de mineradores (pessoas convencionais), o que exerce mais controle sobre a cadeia.

Um terceiro confiável pode ser uma instituição bancária, por exemplo, ou uma instituição financeira. Outra característica é que esse grupo de instituições, que forma a rede de nós, pode decidir o quão aberta é a cadeia. Se quiserem, eles podem permitir o acesso gratuito a ele e, se não, podem restringir certos dados.

privado

Projetado principalmente para empresas privadas, Pode-se dizer que esse tipo de Blockchain é centralizado. Isso se deve ao fato de que seu funcionamento e decisões giram em torno de um único terceiro que, geralmente, é uma empresa. Esta empresa decide o grau de abertura e restrição de dados no Blockchain.

Todas as transações são validadas por este terceiro, portanto, é ele quem controla todo o blockchain. Por ser privada, não é comum encontrar esse tipo de rede aberta ao público em geral, pois se limita à empresa e ao seu entorno imediato.

Tecnologia ao alcance de todosos

Embora possa parecer que o Blockchain é uma tecnologia complexa e, até certo ponto, restrita, na realidade não é. Hoje em dia pode-se dizer que Blockchain é uma tecnologia do tipo Open Souce, ou em espanhol, open source.

Isso significa que não apenas qualquer pessoa pode acessar o blockchain e saber como ele funciona e seus dados. Você também pode desenvolver seu próprio blockchain a partir do código de outro, como aconteceu com o bitcoin e um grande número de outras criptomoedas que foram baseadas em seu Blockchain.

blockchain

Uma mudança no sistema?

A tecnologia Blockchain promete ser uma ótima solução para os problemas atuais de segurança cibernética e proteção de dados. Embora ainda não seja amplamente utilizada, essa tecnologia apresenta uma boa maneira de melhorar a segurança das transações.

De acordo com analistas, o crescimento do uso do Blockchain deve aumentar nos próximos anos. O que mais, o desenvolvimento de blockchains para usos específicos, como é o caso de empresas privadas, sem dúvida impulsionará significativamente essa tecnologia.

Eduardo lopez

Eu sou Eduardo López Martínez, nasci em Madrid, Espanha e tenho 48 anos. Sou jornalista e faço parte da equipe Brokersdeforexconfiables.com. Quer saber um pouco mais sobre mim? Convido você a ler minha biografia.

Editor e Copywriter

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.